Blog destinado a mostrar esses dois grandes artistas, Michael Jackson e Madonna!!!!



2014

sexta-feira, 11 de março de 2011

MICHAEL JACKSON II


Em 1969, um garoto de olhos grandes, voz irresistível e apenas 11 anos de idade estourou no show-business - ou melhor, no soul-business, o futuro mega star em companhia de quatro irmãos: Jackie tinha 18 anos, Tito 16, Jermaine 15, Marlon 12. A canção “I want you back", foi retrabalhada, regravada e lançada como o primeiro compacto dos Jackson Five. E no mesmo ano o grupo estreou no programa The Hollywood Palace, como convidado especial de Diana Ross & As Supremas. E ainda em 1969, seria lançado o elepê de estréia, “Diana Ross presents The Jackson Five”. De lá para cá, a vida deles nunca mais foi a mesma.

            A Motown é bom lembrar, vivia a sua época de ouro, e colocou os Jackson Five em todos os espaços. Entre os sucessos iniciais estão “The love you save”, “I want you back” e “I'll be there”, “ABC” - título também do 2º Lp em 1970. O timbre cristalino, a afinação perfeita e o desembaraço no palco fazia com que Michael cada vez mais se destacasse.

            Michael inicia uma carreira sozinho. O 1º LP individual “Got to be there”, saiu em 1971, puxado como faixa título , fez sucesso imediato. Começava com “Ain't no Sunshine”, trazia três canções que chegariam a parada nacional do Top Ten, “Rockin' Robin”, “I wanna be where you are” e a música título; continha grandes versões de “You've got a friend”, de Carole King, e, sim senhor, uma canção das Supremas, “Love is here and now you're gone”. Ainda na Motown lançaria mais os Lps - “Ben” (1972), “Music & Me” (1973), “Forever, Michael (1975), “Michael and the best Michael Jackson”, “One day in your life” .

            Era 1972- o melhor ano do conjunto, com quatro LPs e oito compactos ao todo. O 8º LP dos Jackson 5, “Looking Through the Windows” lançado em 17 de maio de 1972, vendeu 1 milhão de cópias só nos EUA. É um dos melhore álbuns do grupo até hoje, com um bonito tratamento à hard rock na faixa “Doctor my eyes”, e a música título e um sentimento de descontração pop em “Little Bitty pretty one”. Enquanto isso, a carreira isolada de Michael ia de vento em popa. Ainda em 1972, o desenho animado dos Jackson Five estreou na televisão. Crescia o interesse por Michael e seus irmãos.

            Mas em 1976, um contrato com a Epic (ligado a CBS), provocaria a primeira e única mudança, Jermaine casado com uma filha de Berry Gordy, preferiu continuar como solista na Motown.O problema foi contornado com a convocação de mais um filho de Joe e Kate, o jovem Randy (29-10-62). E como o nome pertencia a gravadora, eles passaram a se chamar “The Jackson”. Este também é o título do LP. O primeiro compacto, “Enjoy yourself”, vendeu 1 milhão. Um dos aspectos importante dessa nova fase, era o fato de pela primeira vez eles terem a oportunidade de cantar suas próprias composições. Michael compôs a badalada jazzística “Blues away” e , com Tito,”Style of life”. E a Motown resolveu produzir o 1º álbum de Jermaine Jackson.

            O 2º álbum, “Goin' places”, surgiu em 1977, e também continha 2 composições dos Jacksons, “Different kind of lady” e “Do what you wanna”. Ainda em 1977, Michael Jackson daria outro passo importante trabalhando no filme musical  “The Wiz (O mágico inesquecível)", dirigido por Sidney Lumet. Na sua estréia cinematográfica – como o espantalho, Michael foi o escolhido com tanta perfeição para encarar o habitante da cidade de Oz que, ao fim de cada dia de filmagens, precisava ser levado de maquiagem e a indumentária, e só então sair daquele cenário de fantasia.

            Em 1979 com 5º LP “Off the Wall”, é o fim o grupo fraterno, que é definitivamente encerrado com a turnê Victory em 1984.                                                                                                                           

Nenhum comentário:

Postar um comentário